terça-feira, 20 de abril de 2010

O que fazer com objetos religiosos velhos ou danificados?

Pergunta recebida:

"O que fazer com objetos religiosos velhos ou danificados (como imagens quebradas, missais irrecuparáveis, escapulários estragados)?"

Tudo que é sagrado deve ser tratado com respeito, e tanto mais respeito quanto mais sagrado. Por isso, essa pergunta é de grande importância.

Em outras palavras, a pergunta é: como se desfazer, de maneira respeitosa, de um objeto sagrado ou de um texto religioso que se deteriorou a ponto de não mais servir para uso (nesse último caso, dependendo do texto, é sempre bom avaliar a possibilidade de restauração, já que no nosso país, hoje em dia, é difícil conseguir uma boa literatura católica)?

Textos de orações, estampas religiosas, bíblias ou missais que se encontram esmaecidos pelo uso, ou se desfizeram em pedaços, estão, por isso mesmo, num estado tal que, em muitos casos, são indignos da condição sagrada. Assim, o próprio respeito ao seu conteúdo ou ao seu significado pede que sejam destruídos (isso até se tratando de objetos bentos, pois, por terem perdido substancialmente sua forma primitiva, é provável que já tenham perdido também a benção). Nada impede que sejam, por exemplo, queimados. É o melhor, aliás. Todavia, como isso nem sempre pode ser feito, sobretudo por quem vive numa grande cidade, será talvez recomendável rasgá-los em pedaços, envolvê-los num saco plástico e colocá-los num cesto de lixo.

Recomendação análoga pode ser feita em relação a imagens partidas que não têm mais concerto. O ideal seria enterrá-las, mas se isso não for possível, o melhor é terminar de fragmentá-las e envolvê-las também num plástico ou papel de embrulho por terem sido portadoras de bênçãos, e jogá-las no lixo.

Ao proceder dessa maneira, a pessoa imbuída de espírito religioso não está sendo movida pelo desprezo para com as coisas da Fé, antes, pelo contrário, pelo sumo respeito por tais objetos, deteriorados, é que procura a melhor solução para descartá-los.

Um comentário:

  1. Valeu. muito obrigada pelas informações. Elas me foram muito úteis.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...