sábado, 7 de agosto de 2010

Sobre meninos e touros

Recentemente a Catalunha, região autônoma do reino da Espanha, proibiu as tradicionais touradas, sob o argumento de que elas são cruéis com os animais. Não vou discutir esse ponto, mas o fato gritante é que em relação ao aborto, em relação a seres humanos inocentes, não se reflete com o mesmo parâmetro. Claro, pode ser que os "formadores de opinião" de lá adotem a estranha visão do "filósofo" Peter Singer, que considera que só a formação de terminações nervosas é que deve ser o critério para dizer o que é ou não cruel (nesse sentido, matar animais adultos sempre seria um ato de crueldade, e matar bebês no início de seu desenvolvimento não).

É o cúmulo a que chegou a superficialidade do mundo hodierno. A vida perdeu seu valor social e não se sabe mais o lugar do homem na ordem da Criação. Realmente, sem Deus tudo perde sentido; sem Deus, os referenciais mais tresloucados podem vir a governar a existência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...