quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Tudo muda, menos o Homem

Eu não tenho dúvidas de que o Mundo se transforma, sob alguns aspectos, a nossos olhos, e também não as tenho de que nesse mundo, em que tudo se modifica, o que menos muda é o próprio Homem. E isso quer dizer que, passada a tormenta, é outra vez do Espírito e dos seus valores que os povos esperam a cura das feridas e o estabelecimento das condições da sua vida pacífica.

Antônio de Oliveira Salazar

2 comentários:

  1. Caro Thiago,

    Permita-me que lhe ofereça outra magnífica citação de Salazar para o caso de a querer usar no seu blogue:

    "Era fim de Agosto e as uvas estavam bonitas, comecei a vindimar. O meu Pai deu-me um safanão a tempo e eu parei. Tirou um bago do cacho que eu acabara de cortar, deu-me a provar. Trinquei, logo cuspi, era azedo. Assim comecei a aprender que tudo tem o seu tempo, tudo obedece a regras. Lei suprema quer para a Natureza, quer para a sociedade dos homens, que é outra forma da Natureza. Quem não respeita as regras é desordeiro; mas quem sempre as põe em causa e delas troça, é ateu a infectar os que estão perto. Anarquismo ou comunismo, danação."

    ResponderExcluir
  2. Honra-me sua visita "Reaccionário". Embora nosso pensamento divirja em vários pontos, do entendimento do legado de Salazar até a maneira de tratar com as reivindicações de certos movimentos sociais modernos, creio que, no fundo, isso não passe de tons em torno de uma mesma cosmovisão. Certamente usarei essa citação no futuro. Muito obrigado.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...