segunda-feira, 11 de julho de 2011

Bênção das Cinzas e Missa para a Quarta-feira de Cinzas


“Bênção das Cinzas e Missa para a Quarta-feira de Cinzas” (para 4 vozes, violoncelo obligato e órgão - Arraial do Tejuco, 1778) de José Joaquim Emerico Lobo de Mesquita (1746-1805).


José Joaquim Emerico Lobo de Mesquita (1746-1805) foi um organista, diretor e compositor, cujas obras representam o maior número no grande arquivo musical de Minas Gerais. Filho do português José Lobo de Mesquita e da escrava Joaquina Emerenciana, chegou ao Arraial do Tejuco (Diamantina) em 1776, onde pertenceu à Irmandade de Nossa Senhora dos Homens Crioulos, e foi organista na paróquia de Nossa Senhora das Mercês dos Homens Crioulos e da capela da Ordem terceira de Nossa Senhora do Carmo. Depois permaneceu durante dois anos em Vila Rica, oferecendo seus serviços musicais à Ordem Terceira de Nossa Senhora das Carmelitas e à Irmandade do Santíssimo Sacramento (na paróquia de Nossa Senhora do Pilar). Finalmente, em 1801, chegou ao Rio de Janeiro, onde atuou como organista da Capela das Carmelitas até sua morte (1805).

Um de seus ofícios de defuntos foi apresentado na vila de Caeté (MG) em 25 de janeiro de 1827, em memória da Imperatriz Leopoldina, o que mostra que o compositor era ainda reconhecido e lembrado mais de vinte anos depois do seu falecimento.

José Joaquim é patrono da cadeira número 4 da Academia Brasileira de Música.

Existem apenas três manuscritos autógrafos do compositor, a Antífona de Nossa Senhora (1787) —que se encontra no Museu da Inconfidência— a Dominica in Palmis (1782) e o Tercio que se encontram no Museu da Música de Mariana (1783), mas há muitas cópias (de fins do século XVIII e do século XIX) do restante de sua obra, como ladainhas, missas, ofícios e novenas.

A “Benção das Cinzas e Missa” é uma das peças registradas mais antigas deste autor (1778). A transcrição dessa obra foi feita em 1986 por Adhemar Campos Filho de um manuscrito copiado no Arraial do Tejuco em 1778 e de um outro (parte do órgão) do arquivo da Pia União de Santo Antônio (Diamantina).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...