sexta-feira, 2 de março de 2012

Argumento ontológico de Santo Tomás

Em recente debate no Orkut, o confrade Karlos André identificou um argumento ontológico de Santo Tomás sobre a existência de Deus:

O ser está presente em todas as coisas, em algumas de forma mais perfeita, em outras de forma menos perfeita; porém nunca está presente de forma tão perfeita a ponto de identificar-se com a essência das coisas, caso contrário o ser faria parte da definição da essência de cada coisa: o que obviamente está errado, visto que a essência de cada coisa é concebível também prescindindo do ser. Por isso, é preciso concluir que as coisas recebem o ser de outrem, sendo necessário chegar a algo cuja essência seja constituída pelo próprio ser, caso contrário seria preciso remontar até o infinito. A esse ser damos o nome de Deus ( In II Sent. I, 1, 1).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...