quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Católicos atacados por malta de esquerdopatas


Um grupo de jovens católicos do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira realizava uma campanha pacífica e ordeira contra o aborto e a ditadura homossexual, no centro de Curitiba, no dia 14/01/2013. Em determinado momento começou a se formar uma malta de gayzistas, abortistas, feministas, ateus e & Cia para agredir verbalmente os corajosos caravanistas, que abordavam os transeuntes e recebiam caloroso apoio por parte do povo curitibano.

Os caravanistas, ao final da campanha, se reuniram e se prepararam para ir para os carros, mas os militantes esquerdopatas os cercaram e os impediram de terminar adequadamente sua manifestação. Começou aí uma série de agressões verbais e até físicas.

O vídeo acima foi gravado por um dos retardados que agrediam os jovens católicos e contém diversos palavrões, gestos imorais, e coisas do tipo. É interessante ressaltar que em algumas partes o retardado que gravava, intencionalmente, não filmou os gestos e agressões obscenas. Em outro momento, sem qualquer razão, cortou o áudio, colocou o dedo na frente da filmagem, etc. Isso mostra da parte dele medo em veicular certas coisas. Manipulação clara. Chama a atenção também a inércia da polícia.

Hoje foi apresentado outro vídeo, agora do IPCO, ou seja, com a perspectiva dos agredidos e que mostra muito mais:


Ele demonstra bem para onde caminha nosso país se não fizermos algo contra a perseguição contra a moral católica.

Os gayzistas chegaram a jogar uma pedra na cabeça de um dos jovens da caravana, além de provocar, de todas as maneiras possíveis e imagináveis, uma reação violenta deles (provavelmente já tendo organizado algo com algum elemento da imprensa para causar um falso escândalo midiático, como o que retratei recentemente).

O Brasil está caminhando para uma intolerância contra a doutrina católica referente ao homossexualismo. Uma situação semelhante ao que ocorreu em alguns países comunistas, onde o regime totalitário podia até aceitar a presença da Igreja (como na Polônia, por exemplo), mas exigia que os padres e bispos silenciassem a doutrina contrária ao comunismo. Aqui no Brasil, no “andar da carruagem”, vão permitir que um católico reze dentro do recinto interno das Igrejas e até que seja publicamente católico, desde que se abstenha de falar contra o que vai contra o VI mandamento.

Espero que esse vídeo ajude a despertar a indignação contra essa onda de lama – verdadeira avalanche – revolucionária. Uma onda que intimida, processa judicialmente, calunia, persegue de todas as maneiras qualquer um que se levante contra ela.

Depois de assistir, compartilhe este post com seus amigos, comente e faça sua parte para que o Brasil não caia nessa ditadura.

2 comentários:

  1. Acho interessante que se as posições fossem invertidas - jovens católicos atacam homossexuais - todo o Brasil já estaria sabendo, graças a nossa "grande mídia imparcial."
    Lamentável.

    ResponderExcluir
  2. Exatamente, Anésia. O pior é que acho que era exatamente esse o objetivo do bando de gayzistas: provocar o pessoal do IPCO até que reagissem e aí eles iam posar de vítimas da "homofobia".

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...