Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

Jesuíta?

Desde que o Papa Francisco foi eleito muitos jornalistas tem se perguntado sobre o significado dele ser um jesuíta, pensando que isso remete ao instituto fundado por Santo Inácio... pobrezinhos, não sabem que a situação atual é essa:


Resenha - De Trinitade, de Santo Agostinho

Resenha feita pela consócia Janete de Cássia na comunidade Apologética Católica:

A obra De Trinitate deste grande santo doutor da Igreja, aborda uma questão central da fé cristã: a crença que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são um único Deus. É importante ter em mente que o objetivo de Agostinho é combater as heresias de seu tempo, sendo que as principais eram o Arianismo e o Sabelianismo (ou Modalismo). 
Como "bons hereges", Ario e Sabélio eram muito instruídos nas Sagradas Escrituras; suas heresias eram bem embasadas em passagens dos Evangelhos. Por que este fato é importante? Porque Agostinho irá estruturar sua obra de modo a quebrar esquematicamente essas teorias. Vale lembrar também que essas heresias eram realidades muito presentes entre os primeiros cristãos, sendo um grande desafio afirmar que Deus é Uno e Trino. Superadas as perseguições, são os problemas de ordem interna, de doutrina, que começam a preocupar os cristãos. 
A obra De Trinitate é composta de quinze …

Primeira homilia do Papa Francisco

Entre outras coisas ele disse:
"Podemos caminhar tudo o que quisermos, podemos construir muitas coisas, mas se não anunciarmos Jesus Cristo, algo está errado. Nós nos tornaríamos uma ONG piedosa e não uma Igreja que é a noiva de Cristo."
"Aquele que não reza ao Senhor reza ao diabo. Quando não anunciamos Jesus Cristo, anunciamos o mundanismo do diabo, o mundanismo do demônio."
"Temos de andar sempre na presença do Senhor, na luz do Senhor, sempre tentando viver de forma irrepreensível."
"Quando andamos sem a cruz, quando nós construímos sem a cruz e quando nós proclamamos Cristo sem a cruz, não somos discípulos do Senhor. Somos mundanos."
"Nós podemos ser bispos, padres, cardeais, papas, tudo isso, mas não somos discípulos do Senhor".
Também colocou que aqueles que constroem sobre os valores mundanos em vez dos valores espirituais eram como crianças construindo castelos de areia em uma praia. "Então, tudo desmorona."